If I open my heart?

“Preciso admitir, sou muito irônica, e grossa às vezes, um pouco meiga de vez em quando. Gosto do meu lado apaixonada, mas quase nunca aparece. E meu lado safado chega a me assustar. Protetora e ciumenta ao extremo. Tenho um gênio difícil e um temperamento forte. Às vezes sou barraqueira, outras, calma até demais. Dura como uma pedra e frágil como um vidro. Mais conhecida como a rainha do drama, essa sou eu. E sabe o que mais me assusta? Ainda tem gente que gosta.”

“Quem disse que em um mês não podemos se apaixonar? Que em um mês, não pode mudar nossa vida e até nossos planos para o futuro? Que pode ser o mês mais feliz da sua vida, aquele que vou relembrar durante anos e anos. Esse mês, eu não vou esquecer, nem das coisas mais bobas, ou ate aquelas brigas sem sentido. Pode der certeza que esse mês sempre aparecera nos meus sonhos e que, se depender de mim, ainda viram muitos meses iguais a esse.”
Dependendo de onde você for, eu ainda vou te amar.  (via adesejar)


Não é rancor, mas hoje em dia eu ando assim.. Tanto faz pra você? Então tanto faz pra mim.


“É angustiante, né? Quando você quer muito alguma coisa, mas ela não depende só de você para acontecer.”
Fidel Dourado.   (via carenciada)

“Aí você percebe que o que te prende na terra não é mais a gravidade, mas sim a pessoa que você mais ama.”
Taylor Lautner.  (via verbismo)



“Não quero ler ou saber que você me ama. Quero sentir isso.”
Gabito Nunes. (via versejas)

“Por um amigo, eu dou a mão, o braço, o pé e a perna inteira se preciso for. Dou, dou sim, pois zelo por aquilo que prezo. Coloco minhas feridas e dores no bolso e vou, e já to indo, e já fui.”
Capitule   (via unpractised)


THEME